SEED ADOTARÁ AVANÇO MÉDIO DE NOTAS DO ESTADO COMO BASE PARA DEFINIÇÃO DO IDEB DE MUNICÍPIOS AFETADOS POR FALTA DE NOTAS DO SAEB; MUNICÍPIOS NÃO TERÃO PERDAS, AFIRMA SECRETÁRIO RONI MIRANDA

O secretário estadual da Educação, Roni Miranda, em reunião com o presidente da AMP (Associação dos Municípios do Paraná) e prefeito de Santa Cecília do Pavão, Edimar Santos, com a participação do CIEDEPAR, representado pelo Prof. Jacir Bombonato Machado – Secretário Executivo e representantes dos municípios, acordou que a SEED utilizará o avanço médio de notas do Estado como base para a definição das notas do SAEB (Sistema de Avaliação da Educação Básica) dos 10 municípios afetados pelo acidente envolvendo um caminhão do instituto.

Com o acidente, 10 cidades paranaenses (Ângulo, Astorga, Colorado, Flórida, Iguaraçu, Lobato, Munhoz de Melo, Nossa Senhora das Graças, Santa Fé e Santo Inácio) ficaram sem as notas do SAEB.

“Nosso objetivo é evitar que os 10 municípios que ficaram sem as notas sejam afetados. Independente da média, nenhum município vai perder recursos”, disse Roni Miranda.

Da SEED, participaram ainda da reunião Graziele Andriola e Fernanda Evangelista (da Diretoria de Planejamento), além dos prefeitos de Lobato, Fabio Chicarolli; de Flórida, Antônio Sette; e de Munhoz de Melo, Doutor Marcondes.
O SAEB é um conjunto de avaliações externas em larga escala que permite ao Inep realizar um diagnóstico da educação básica brasileira e de fatores que podem interferir no desempenho do estudante. Por meio de testes e questionários, aplicados a cada dois anos na rede pública e em uma amostra da rede privada, o Saeb reflete os níveis de aprendizagem demonstrados pelos estudantes avaliados, explicando esses resultados a partir de uma série de informações contextuais. Texto Aurélio Munhoz de Mello.

 

COMPARTILHE:

Área de Associados​